quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Deputado de Bolsonaro, Filipe Barros enfrenta esquerdistas na Câmara e denuncia Moraes: 'Rasgou a Constituição. Xerife, ditadura da toga!'


O deputado Filipe Barros, da tribuna da Câmara dos Deputados, denunciou a ditadura da toga instalada no País pelas mãos do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. O deputado afirmou: “acho que é necessário utilizarmos as palavras certas, as palavras adequadas: estamos vivendo a ditadura da toga. O golpe foi dado. Estamos no regime de exceção”.

O deputado explicou: “O xerife do TSE — e eu uso o termo "xerife" porque o Ministro Marco Aurélio o utilizou — já rasgou a Constituição Federal. Ele tem violado dia após dia as garantias individuais. O xerife do TSE se utilizou da censura nessas eleições para causar um cenário desigual entre os dois candidatos. O golpe foi dado. E é necessário que este Congresso grite, todos, em uma só voz: Abaixo a ditadura da toga! Até quando ficaremos acadelados, com Deputados presos, com Deputados banidos e censurados nas suas redes sociais? Chega! Nós saímos nas ruas, e a população nos cobra: "O que vocês, Deputados, estão fazendo?"”

Filipe Barros criticou os colegas de esquerda que vêm defendendo a censura. Ele disse: “eu serei um eterno defensor do direito da Esquerda falar aquilo que bem entender, mas não venham nos censurar, não venham censurar outros Deputados ou a população brasileira, que é o que está acontecendo. Quando um Parlamentar perde a sua rede social, ele foi cassado, e é isso que está acontecendo sob o silêncio de muitos Parlamentares, ou pior: sob a concordância de muitos outros que sobem à tribuna para defender que Parlamentares sejam censurados”.

O deputado afirmou: “O Senado não faz absolutamente nada. O xerife tem violado as prerrogativas do Ministério Público, que, infelizmente, também não tem feito nada, tem rasgado a Constituição Federal e roubado as atribuições do Parlamento. O xerife tem roubado atribuições do Poder Executivo. Então, chega: abaixo a ditadura da toga! É hora de o Congresso Nacional mostrar para a população aquilo a que veio”.

Pouco depois, respondendo a deputados da extrema-esquerda que defenderam a censura, o deputado se exaltou e lembrou que as prerrogativas do poder Legislativo vêm sendo violadas diuturnamente pelo ministro Alexandre de Moraes, e que os deputados de esquerda, demonstrando sua incoerência e hipocrisia, defendem o autoritarismo apenas porque as arbitrariedades vêm atingindo seus adversários. Ele apontou que a direita, por sua vez, defende a liberdade de expressão e exige o restabelecimento do estado de Direito no País. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 17 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...