quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

Deputado Evair rebate petista: ‘o grande bandido solto no Brasil neste momento, o nosso Barrabás, é o Presidente em que ela votou’


Durante sessão do plenário da Câmara, o deputado Evair Vieira de Melo respondeu a uma deputada esquerdista que pedia cadeia para seus adversários políticos. O deputado afirmou: “eu quero aproveitar esta oportunidade para reforçar as palavras da Deputada petista que nos antecedeu: "Lugar de bandido é na cadeia". Isso ela disse. Portanto, eu queria que S.Exa. dissesse ao Presidente em que ela votou que ele retornasse ao lugar para o qual nunca deveria ter saído, a cadeia. É muito bom ouvir uma Deputada petista dizer isso. Só que ela esqueceu que, "em casa de ferreiro, o espeto não pode ser de pau", porque "o pau que dá em Chico dá em Francisco". E o grande bandido solto no Brasil neste momento, o nosso Barrabás, é o Presidente em que ela votou — que ele possa retornar o mais rápido possível para onde nunca deveria ter saído, que é das masmorras, do presídio do Brasil”.

O deputado fez duras críticas à equipe escolhida por Lula para seu governo, e também lamentou as mentiras que vêm sendo ditas para justificar as escolhas. Melo disse: “O Brasil, realmente, está entregue a um Presidente claramente ladrão e, acima de tudo, agora tem um Ministro incompetente. Eles querem falar mal do Governo, e a Esquerda é profissional e especializada em inventar palavras de efeito, palavras bonitas. Eles fazem isso com habilidade”. O deputado prosseguiu: “Eu conheço a Esquerda. Inventaram agora a tal da "herança maldita". Isso é um horror. Enquanto isso, esse Governo sabe que vai encontrar conta superavitária, economia em pleno crescimento, reforma feita, um País menos burocrático, um País mais ágil, um País realmente pronto para prosperar no crescimento econômico. Eles arrumam essas palavras bonitas e falam de forma poética. Inventaram essa coisa da "herança maldita"”. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 17 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...