segunda-feira, 26 de dezembro de 2022

Deputados e personalidades se pronunciam após Alexandre de Moraes mandar prender Oswaldo Eustáquio e humorista do Hipócritas


O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, decretou a prisão do jornalista Oswaldo Eustáquio, segundo veículos da velha imprensa que costumam ter acesso aos autos dos inquéritos políticos do ministro. Segundo informações não confirmadas, o ministro teria decretado também a prisão do humorista Bismark Fugazza, do canal Hipócritas. Os rumores da decretação das prisões causaram indignação entre cidadãos, que comentaram o caso nas redes sociais. 

O deputado Jessé Lopes afirmou: “Alexandre de Moraes determinou a PRISÃO do Jornalista Oswaldo Eustáquio (novamente!) e do humorista Bismark Fugazza, ligado ao canal Hipócritas, no YouTube. Agora, além de jornalistas, o STF também está prendendo humoristas”.

O promotor Wesley Vaz ironizou: “Acabei de saber o motivo pelo qual, de repente, o Alexandre de Moraes mandou prender Eustáquio e Fugazza (do Canal Hipócritas): eles denunciaram o referido ministro a organismos internacionais acusando-o de crimes contra a liberdade de expressão”.

Bárbara, do canal Te Atualizei disse: “Alexandre de Moraes determina a prisão de Oswaldo Eustáquio e Bismark. Atos antidemocráticos, pedidos antidemocráticos, pensamentos antidemocráticos, existência antidemocrática... O pior crime da atualidade”.

O internauta Gláucio Oliveira afirmou: “Alexandre de Moraes acaba de emitir mandados de prisão contra o jornalista Oswaldo Eustáquio e o humorista Bismark, do Canal Hipócritas, por incentivarem manifestações configuradas por ele como "atos antidemocráticos"”.

O deputado estadual Márcio Gualberto ironizou: “Aplauda a corrupção, seja íntimo de corruptos, fique feliz com as barbaridades dos narcoterr**, apoie a soltura de milhares de criminosos, exija a liberação de todas as drogas, destrua a família, incentive o ab***, xingue o atual PR...mas JAMAIS ouse criticar o AM, vc será preso”.

O deputado estadual Gilberto Silva, eleito deputado federal, disse: “Alexandre de Moraes determina prisão de Oswaldo Eustáquio e de sócio do canal Hipócritas. Polícia Federal ainda não localizou os alvos do pedido e segue nas buscas da dupla. Mais prisões ilegais e inconstitucionais, no Brasil não existe mais democracia!”

O youtuber Ed Raposo afirmou: “Moraes mandou prender Oswaldo Eustáquio e integrante do Hipócritas. Não interessa se você gosta ou não deles, não houve crime. Peço a Deus que esse pesadelo esteja perto do fim”.

O advogado Paulo Maffioletti disse: “O relator dos inquéritos inconstitucionais determina a prisão do humorista Bibi do Canal Hipocritas e novamente a prisão do jornalista Oswaldo Eustáquio.  A perseguição política como arma de guerra é cruenta e excruciante”.

A jornalista Maria Laura Assis ironizou: “Outro dia “normal” em Xandãoquistão…”

O humorista Alba, integrante do programa Pânico, da Jovem Pan, perguntou: “O cara pediu a prisão do Hipócritas? O país já acabou faz tempo”.

O internauta Rafael Fontana disse: 

“As armas de cada um.

- Allan dos Santos: palavra.

- Oswaldo Eustáquio: palavra.

- Hipócritas: palavra

- Alexandre de Moraes: sistema judiciário, seguranças,  polícia federal

Ou seja, os que detêm só a palavra são muito mais poderosos”.

O vereador Carmelo Neto disse: “Depois de escolher Alexandre de Moraes e Lula como brasileiros do ano, não se assuste se a revista IstoÉ escolher Suzane Rich* como a "filha" do ano… O Partido Liberal só conseguiu pagar os salários de dezembro após Moraes liberar R$1,1 milhão que estavam bloqueados. Em outras palavras: o partido com maior representação do Congresso Nacional está dependendo das decisões de um ministro do STF para continuar funcionando”.

O Coronel Rocha comentou: “Confesso que festejei quando li a notícia que Alexandre de Moraes havia determinado a prisão dos Hipócritas. Pensei se tratar de Lula e sua turma, dos artistas da ‘Globe’ e de alguns ‘jornalistes’. Mas não, são jovens comediantes que transformam em risadas a hipocrisia daqueles”.

O internauta Nelson Paffi declarou: “País que prende por crime de opinião e deixa livres os corruptos não é uma democracia”.

Há poucos dias, o jornalista e os humoristas apresentaram uma denúncia contra Alexandre de Moraes à Comissão Interamericana de Direitos Humanos. A denúncia soma-se a dezenas de outras que já foram apresentadas à Comissão. 

Em consequência da inércia do Senado em promover o controle dos atos de ministros das cortes superiores, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos já recebeu, nos últimos anos, uma série de denúncias de violações a direitos, em especial à liberdade de expressão, relacionados aos inquéritos políticos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes. A Comissão foi informada sobre os jornais “estourados”, com equipamentos apreendidos, jornalistas perseguidos e presos. Foi informada sobre a invasão de residências de cidadãos e apreensão de bens. Foi informada sobre a censura de meios de comunicação.Foi informada sobre a prisão do deputado Daniel Silveira, mas não se manifestou durante os meses que o parlamentar ficou preso por crime de opinião. Foi informada sobre o grave estado de saúde do jornalista Wellington Macedo quando estava em greve de fome após ser preso por mostrar uma manifestação. Foi informada sobre o jornalista Oswaldo Eustáquio, que perdeu o movimento das pernas em um estranho acidente enquanto esteve preso. Foi informada sobre os ativistas que passaram um ano em prisão domiciliar, sem sequer denúncia, em Brasília, mesmo morando em outros estados. Foi informada sobre a prisão de Roberto Jefferson,  presidente de um partido, e sua destituição do cargo a mando de Moraes. Foi informada sobre a censura a parlamentares. Foi informada sobre muitos outros fatos.  Há pelo menos três anos, há pedidos para que a Comissão mande cessar os inquéritos políticos conduzidos por Alexandre de Moraes. 

Em 2020, o ex-Relator Especial para a Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, Edison Lanza, manifestou preocupação com a decisão de Alexandre de Moraes de censurar cidadãos, nos inquéritos que conduz no Supremo Tribunal Federal. Lanza disse: “Acompanho com preocupação decisão do Supremo Tribunal Federal, que mandou fechar dezenas de contas em redes de ativistas e blogueiros por alegado ‘discurso de ódio’. Deve-se provar, em cada caso, que foi ultrapassado o limite da incitação à violência”, conforme disposto no item 5 do art. 13 da Convenção Americana sobre Direitos Humanos, conhecida como Pacto de São José da Costa Rica. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 17 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...