sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

Ministro de Bolsonaro rebate narrativa falsa da velha imprensa: ‘o que o governo Lula quer fazer é só aumentar o gasto’


O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, rebateu, pelas redes sociais, narrativas falsas que vêm sendo amplamente disseminadas pela velha imprensa. Ele disse: “mais uma narrativa falsa vai ganhando espaço na mídia. É aquela que está dizendo que a PEC da gastança - o novo governo vai gastar dinheiro para caramba aí… eles dizem o seguinte: aquilo que o Bolsonaro prometeu na campanha e aquilo que Lula prometeu na campanha, aquilo é consenso, então segue o jogo. Então pode gastar à vontade. Não. Errado, nada disso”.

O ministro explicou: “Quando o presidente Bolsonaro fez promessas na campanha, ele fez promessas baseado em um modelo de equilíbrio geral em economia. Ou seja: nós aumentávamos o gasto de um lado, mas travávamos o crescimento futuro do gasto ou arrumávamos medidas de compensação”. Ele comparou: “O que o governo Lula está querendo fazer é só aumentar o gasto. A PEC da gastança só tem o lado que aumenta o gasto”. Sachsida disse: “com responsabilidade fiscal, sobra dinheiro para gasto social”. 

Em outro vídeo, o ministro ironizou as manchetes que precisam incluir uma adversativa a cada boa notícia. Sachsida disse: “"PIB cresce pela 5a vez, MAS desacelera"; "Emprego cresce, MAS perde força". Deixa eu explicar: é IMPOSSÍVEL a segunda derivada ser eternamente positiva no PIB ou no emprego. Isso significaria crescimento exponencial e produção indo para infinito. Cansa ter que explicar o básico”. O ministro explicou que as “análises” da velha imprensa devem mudar muito em breve e fez um apelo: “ô, pessoal. Joga limpo”. 

A renda deste vídeo e de todos os outros da Folha Política está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com respaldo e apoio de Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. O ministro Salomão decidiu, de forma monocrática e em um inquérito administrativo, confiscar toda a renda da empresa, a pretexto de impedir a divulgação de discursos que não lhe agradam. Sem a renda, a empresa em breve não poderá mais manter sua estrutura em funcionamento, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores. Há mais de 17 meses, todos os nossos rendimentos são retidos sem qualquer justificativa jurídica.  Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org.  Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando a realidade da política brasileira e quebrando barreiras do monopólio da informação. Com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...