quinta-feira, 15 de dezembro de 2022

Presidente do partido de Bolsonaro rebate Moraes e envia mensagem a manifestantes: ‘Bolsonaro não decepcionará’


Em pronunciamento por meio das redes sociais, Valdemar Costa Neto, presidente do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, retrucou declarações de Alexandre de Moraes, ministro do STF e presidente do TSE, protestou diante de arbitrariedades contra cidadãos, reagiu a atos exorbitantes contra o Partido Liberal e assegurou que o presidente Jair Bolsonaro não decepcionará as pessoas que estão nas ruas.

O político frisou: “A Constituição é clara. O deputado e o senador têm autonomia para falarem o que bem entenderem, desde que não estejam fazendo o mal. Estão defendendo as posições deles. O que é feito de maneira errada não pode dar certo. Fiquei surpreso com a posição do ministro Alexandre de Moraes, do STF, que mandou a Polícia Federal atrás das pessoas que estão protestando. Essas famílias que estão se manifestando têm todo o nosso apoio. Só não tem nosso apoio quem faz coisa errada, quem impede estradas, ruas. O povo que está acampado são pessoas de bem, famílias. Bolsonaro teve quase 60 milhões de votos. Os movimentos de direito sempre terão nosso apoio. O nosso pessoal sempre anda dentro da lei”.

Dessa forma, o presidente de partido prosseguiu: “O ministro Alexandre de Moraes falou até em extinção do nosso partido. Tudo que é feito de maneira errada dá errado. É só esperar para ver. Não tem jeito de dar certo. Todas as pessoas que agem desse jeito, não tem como dar certo. O ministro Raul [Araújo Filho], foi muito corajoso e falou o que deveria ser feito, liberar nosso dinheiro, recursos próprios, que nós arrecadamos, não dinheiro público”.

Nesta toada, o líder da agremiação política de Bolsonaro garantiu que o presidente não decepcionará as famílias que estão nas ruas: “Estamos adaptando o programa de nosso partido para que a direita permaneça sempre aqui dentro, protegida e defendida por nós. Isso que temos de fazer, deixar nosso pessoal protegido. Ao protegermos as pessoas de bem, não fazemos mais que nossa obrigação. Quero agradecer aos que estão na rua, continuem lutando, Bolsonaro não vai decepcionar ninguém. Vamos estar sempre juntos na defesa dos nossos deputados, dos nossos senadores e de vocês, principalmente”.

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 17 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...