sábado, 14 de janeiro de 2023

Coronel Tadeu abre o jogo sobre risco de conluio de deputados com Lula e STF e ‘mito’ do ‘Congresso conservador’


Em live transmitida por suas redes sociais, o deputado federal Coronel Tadeu comentou e lamentou a política econômica que vem sendo implementada pelo governo Lula e ironizou os que apoiaram a candidatura e agora se dizem surpresos. Coronel Tadeu disse: ““Os economistas esperavam que o Governo Lula adotasse outra linha, a de corte de gastos. Só tem uma forma de equilibrar receitas e despesas. Hoje, a despesa está mais alta e a receita está mais baixa. Você precisa baixar os gastos ou o que eles estão fazendo: subir os impostos. Isso gera inflação, é isso que está acontecendo com o Brasil. Eles vão tentar, de todas as formas, equilibrar receitas e despesas. Aumentando os impostos, nós vamos pagar essa conta”.

O deputado falou sobre as expectativas de se ter algum controle do governo através do congresso e demonstrou pessimismo. Ele disse: “Uma pergunta muito interessante que me fizeram: ‘Coronel, e esse Congresso conservador que foi eleito?’. Preciso responder. Comigo, não tem rodeios. Que Congresso conservador? Onde vocês viram isso? Não existe Congresso conservador, infelizmente. A população elege mal os seus representantes. Pode ser por maldade ou por desconhecimento. Vocês viram como o PT conseguiu se articular politicamente e aprovou a PEC da Gastança, de R$145 bilhões? Ali, já é uma demonstração clara de que não tem Congresso conservador. De jeito nenhum. Deputados e senadores eleitos e reeleitos vão formar um novo Congresso, mas eu, na minha avaliação, não consigo enxergar um Congresso conservador. Está muito longe e vocês vão perceber isso ao longo do tempo”. 

Coronel Tadeu apontou que o caminho seria a conscientização da população sobre a política. Ele disse: “Não é fácil, mas a gente precisa, cada vez mais, informar o povo contra a corrupção, atuando de forma altruísta, de coração, abdicando de interesse particular. A semana foi pesada, tivemos o 8 de janeiro, mais de 1200 prisões. A situação é complexa. Intervenção federal. Governador afastado. CPI sendo aberta. Quem tem culpa, quem não tem. Informação de que há gente infiltrada. É cedo para falar alguma coisa de forma concreta e certeira”. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 18 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...