sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

Coronel Tadeu explica cobrança de imposto de renda e medidas econômicas de Lula: ‘levando o Brasil para o buraco’


Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o deputado federal Coronel Tadeu explicou como ficará a situação das pessoas que terão que passar a pagar o imposto de renda por ganharem um salário mínimo e meio. Coronel Tadeu disse: “quem nunca pagou imposto de renda, prepara o bolso porque agora vai começar a pagar”. 

O deputado explicou as alíquotas progressivas, e apontou que, ao deixar de corrigir a tabela, o governo federal poderá arrecadar uma fortuna, cobrando impostos de pessoas que ganham pouco. Ele explicou que o governo Lula apresentou um pacote fiscal em que pretende resolver os problemas de orçamento arrecadando mais, ao invés de gastar menos. 

Coronel Tadeu explicou ainda que, com o esperado aumento da inflação, aumentarão também os juros, o que levará a uma explosão da dívida contraída pelo próprio Lula. O deputado afirmou: “as medidas que a gente está vendo estão levando o Brasil para o buraco”.

A Constituição brasileira, em seu primeiro artigo, afirma que os fundamentos da República são: a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, e o pluralismo político. No entanto, para um grupo de pessoas, esses fundamentos parecem ser relativizados, ou mesmo cancelados. Cidadãos brasileiros têm sido alvo de inquéritos ilegais, onde seus direitos e garantias fundamentais são desrespeitados, sem direito à defesa ou acesso ao devido processo legal. 

A Folha Política já foi alvo de inquéritos do ministro Alexandre de Moraes, sofreu busca e apreensão de todos os seus equipamentos, e teve seus sigilos quebrados. Os inquéritos se baseiam em “relatórios” e “reportagens” que são tomados como verdadeiros, embora produzidos pela concorrência e sem qualquer compromisso com fatos. 

Com base no mesmo tipo de informação produzida por fontes suspeitas, o ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, mandou confiscar toda a renda da empresa, com o apoio e elogios dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 18 meses, todos os rendimentos de jornais, sites e canais conservadores são retidos sem qualquer base legal. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a empresa a sobreviver, doe qualquer quantia através do Pix, utilizando o código que está visível na tela ou o código ajude@folhapolitica.org

Com sua ajuda, a Folha Política poderá continuar trazendo informação que o cartel midiático não quer que você veja. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...