segunda-feira, 27 de março de 2017

Benjamin deve concluir ainda hoje relatório sobre ação da chapa Dilma/Temer, diz TSE

Imagem: Dida Sampaio / Estadão
Relator da ação que pode levar à cassação da chapa de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PSDB) nas eleições de 2014, o ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deve concluir nesta segunda-feira, 27, o relatório final do processo. De acordo com a assessoria do tribunal, o Ministério Público Eleitoral informou que só se manifestará sobre o caso 48 horas depois da entrega do relatório final. 

MP vai investigar visitas de políticos a Sérgio Cabral em Bangu 8

Imagem: Antonio Cruz / ABr
O Ministério Público (MP) Estadual do Rio de Janeiro vai investigar supostas irregularidades em visitas recebidas pelo ex-governador fluminense Sérgio Cabral, no Presídio Bangu 8, no complexo penitenciário de Gericinó (Bangu).

Cabral foi preso no final do ano passado, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro e, segundo o MP, teria recebido visitas de parlamentares fora do horário permitido para visitantes.

À PF, filho de fiscal pego na Carne Fraca se ‘esquece’ de R$ 252 mil que declarou ao IR

Imagem: Reprodução / Veja
Em depoimento à Polícia Federal nesta terça-feira, 22, o advogado Rafael Nojiri Gonçalves, filho do ex-superintendente Regional do Ministério da Agricultura (Mapa) no Paraná e apontado como o líder do esquema de corrupção na pasta, Daniel Gonçalves Filho, se “esqueceu” onde estavam R$ 252 mil em em espécie que ele teria declarado ao imposto de renda em 2015.

Deputado do PMDB indicou fiscal preso na Carne Fraca

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O fiscal federal Fábio Zanon Simão, um dos alvos da Operação Carne Fraca, que apura corrupção no Ministério da Agricultura, foi indicado ao cargo pelo deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC).

O parlamentar foi flagrado em grampo da Polícia Federal nas investigações sobre suposto esquema de propinas envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura, em especial do Paraná, e funcionários do de empresas de carnes e processados, entre elas, unidades da BRF e JBS.

Gilmar Mendes age como porta-voz dos investigados, diz colunista

Imagem: STF
As declarações públicas do ministro Gilmar Mendes, do STF, vêm causando polêmica e alguns conflitos. Em um episódio recente, Mendes acusou a Procuradoria-Geral da República de promover uma entrevista coletiva para vazar dados sigilosos, o que gerou uma resposta extremamente ríspida do PGR Rodrigo Janot. A colunista Dora Kramer, da revista Veja, comenta as declarações de Gilmar Mendes e afirma que ele passou a agir como "porta-voz dos investigados". 

Moro dá 5 dias para PF se manifestar sobre suposto vídeo de coercitiva de Lula

Imagem: Márcio Fernandes / Estadão
O juiz federal Sérgio Moro deu cinco dias para que a Polícia Federal se manifeste sobre um suposto vídeo gravado durante a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em março do ano passado. O prazo foi concedido na sexta-feira, 24.

A gravação, segundo a defesa de Lula, será usada no filme “Polícia Federal – A lei é para todos”. O longa, da produtora carioca New Group & Raconto e associados, custará R$12 milhões e será ‘um thriller policial político inspirado em fatos reais’.

Com medo de perder foro privilegiado, parlamentares mudam planos para 2018

Sem chances de reeleição, os senadores Gleisi Hoffmann, Humberto
Costa e Lindbergh Farias avaliam disputar uma vaga na Câmara
Imagem: Reprodução / Redes Sociais

O avanço da Lava Jato, com a expectativa da divulgação das delações da Odebrecht, está fazendo parlamentares repensarem seus planos para as eleições de 2018, quando estarão em disputa todas as 513 vagas da Câmara e dois terços das 81 cadeiras do Senado. Políticos buscam “caminhos” para manter o foro privilegiado e continuar sob a alçada do Supremo Tribunal Federal (STF), onde o ritmo é mais lento em comparação à primeira instância.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...