terça-feira, 30 de setembro de 2014

Em vídeo, deputado diz que 'tem dedo forte dos petistas dos Correios' na campanha de Dilma

Imagem: Reprodução
Numa reunião com dirigentes dos Correios em Minas Gerais, com a presença do presidente da empresa pública, Wagner Pinheiro, o deputado estadual Durval Ângelo (PT-MG) afirmou que a presidente Dilma Rousseff só chegou a "40%" das intenções de votos em Minas Gerais porque "tem dedo forte dos petistas dos Correios". Um trecho gravado da reunião, realizada na última quinta-feira, foi obtido pelo jornal O Estado de S. Paulo. "..Se hoje nós temos a capilaridade da campanha do [Fernando] Pimentel [candidato do PT ao governo de Minas] e da Dilma em toda Minas Gerais, isso é graças a essa equipe dos Correios." O deputado diz, ainda, que "a prestação de contas dos petistas dos Correios será com a vitória do Fernando Pimentel a governador e com a vitória da Dilma".

Relembre: OAB processou advogado que quis cassar o registro de Dirceu

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O conselho nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu processar administrativamente o advogado Paulo Fernando Melo da Costa, que solicitou à ordem a cassação do registro profissional do ex-ministro José Dirceu, que está preso na Penitenciária da Papuda.

A Ordem alega que Melo da Costa arranhou a imagem da instituição ao criticar a demora na apreciação de seu pedido. O advogado, que atua em Brasília, alega que está sendo perseguido pela OAB.

Datafolha mostra acirramento da disputa entre Aécio e Marina pelo segundo lugar

Imagem: Reprodução / Veja
Pesquisa Datafolha finalizada nesta terça (30) mostra tendência de acirramento da disputa pelo segundo lugar na corrida presidencial.

Enquanto a presidente Dilma Rousseff (PT) lidera isolada com 40%, sem alteração em relação ao levantamento anterior, as intenções Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) estão cada vez mais parecidas. A pessebista agora tem 25%, o tucano alcança 20%.

Dilma, Marina e Aécio criticam severamente Levy Fidelix por declarações em debate

Imagem: Reprodução/Redes Sociais
Com atraso em relação aos nanicos Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (Psol), os três primeiros colocados na corrida presidencial - Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) criticaram, na tarde desta segunda-feira (29), durante entrevistas coletivas, as declarações homofóbicas ditas durante debate da Rede Record, na noite deste domingo (28), pelo candidato Levi Fidelix (PRTB).

Suíços votam contra criação de sistema público de saúde

Imagem: Reprodução / SwissInfo
Os eleitores suíços recusaram no domingo 28 de setembro a criação de um sistema de saúde pública que terminaria com o atual sistema de saúde privado obrigatório. Nos últimos dez anos, essa foi a terceira tentativa de reforma de um sistema baseado em mais de 60 planos de saúde da iniciativa privada.

Presidente da OAB-DF nega carteira a Joaquim Barbosa, mas registro do mensaleiro Dirceu é mantido

Imagem: Reprodução / OAB
O presidente da OAB-DF, Ibaneis Rocha, negou o registro na entidade a Joaquim Barbosa. Para Rocha, Joaquim Barbosa não teria idoneidade moral para ser advogado. 

Levy Fidelix diz temer represálias por declarações em debate e pede proteção à Polícia Federal

Imagem: Reprodução/OCPOnline
SÃO PAULO - Após fazer declarações homofóbicas durante o penúltimo debate presidencial, o candidato do PRTB à Presidência, Levy Fidelix, vai pedir proteção à Polícia Federal nesta reta final das eleições. No domingo à noite, Fidelix atacou a comunidade LGBT, gerando uma série de protestos nas redes sociais. Coletivos contra a homofobia já anunciaram que vão fazer atos contra o candidato. No comitê de campanha da legenda, na Alameda dos Tupiniquins, em Moema, Zona Sul de São Paulo, os portões permanecem fechados com segurança privada na porta.

UOL Cliques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...