domingo, 15 de julho de 2018

'Temos uma espécie de liquefação dos partidos políticos. Eles perderam o caráter de liderança social, política e institucional', diz professor

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Roberto Romano, professor de Ética e Filosofia da Unicamp, enfatizou a perda de confiabilidade da população nos partidos políticos. Para o professor, o alto número de eleitores indecisos e dos que pretendem anular os votos está relacionado a essa falta de confiança: "Esse aumento exponencial dos indecisos tem a ver com a queda cada vez mais célere da confiabilidade nas instituições de Estado e nos partidos políticos. Temos uma espécie de liquefação dos partidos políticos. Eles perderam o caráter de liderança social, política e institucional. Isso se reflete na incerteza do voto. Não há um programa de governo coerente, um programa de modificação do Estado ou de melhoria da sociedade. O que há é a guerra pelo voto em prol do voto".

Após 100 dias, acampamento de seguidores de Lula em frente à PF fica esvaziado

Imagem: Reprodução / Facebook / Frente Brasil Popular
Depois de 100 dias da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após condenação na Lava Jato, o número de manifestantes que mantém a vigília “Lula Livre” no entorno do prédio da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba passou de quase 2 mil por dia para 200 pessoas por semana. De acordo com a direção do PT, ao todo, cerca de 100 mil pessoas já passaram pelo local.

Funaro entrega jato e helicóptero para quitar multa

Imagem: Reprodução
Para quitar uma multa de 45 milhões de reais, imposta em seu acordo de delação, Lúcio Funaro entregou à PGR dois dos itens mais vistosos de seu patrimônio: um jato Cessna Citation e um helicóptero modelo Augusta A109.

'O desembargador oportunista do TRF4 não apenas submeteu o Judiciário a mais uma vergonha. Ele praticou crime', diz procurador

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador de contas Diogo Ringenberg reforçou a necessidade de punição ao desembargador Rogério Favreto, que concedeu um habeas corpus ilegal para tentar libertar o ex-presidente Lula durante seu plantão. Comentando uma matéria que explicava que o "CNJ já afastou juízes por favorecimento ilegal em plantões", o procurador afirmou: "Eis então nova oportunidade de fazê-lo. O desembargador oportunista do TRF4 não apenas submeteu o Judiciário a mais uma vergonha. Ele praticou crime. Merece a aposentadoria compulsória seguida de ação para cassação da mesma".

Militância do PT segue à risca estratégia do partido

Imagem: Daniel Teixeira / Estadão
Mesmo preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda controla a militância petista e mantém interditado o debate interno sobre o futuro da sigla sem o seu nome na urna eletrônica durante as eleições 2018. 

Gasto com alimentação na Câmara trataria o câncer de 18 mil pessoas

Imagem: Reprodução / DP
Os 513 deputados federais já receberam reembolso de R$5,56 milhões de gastos com alimentação desde a posse em 2015. Em vez de encher a barriga dos parlamentares, literalmente, o valor seria suficiente para pagar mais de 4 mil sessões de quimioterapia e mais de 14 mil sessões de radioterapia de pacientes de câncer, além de 400 cirurgias para remover tumores no SUS, segundo dados do Ministério da Saúde. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Preso há 100 dias, Lula mantém PT imobilizado

Imagem: Ricardo Moraes / Reuters
Condenado na Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva completa amanhã 100 dias preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Mais magro do que estava quando chegou de helicóptero, na noite de 7 de abril, o petista ainda dita as estratégias e os passos do partido e de seus principais aliados na campanha presidencial. E mantém o PT imobilizado na definição de uma alternativa eleitoral.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...