sábado, 25 de abril de 2015

PT não detalha "indenização" para cunhada de Vaccari

Imagem: Gisele Pimenta/ AE
O pagamento de uma suposta indenização de R$ 240 mil pelo PT para a cunhada do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, em 2011, que seriam decorrentes de danos morais causados pela associação de seu nome ao escândalo do mensalão, não aparece de forma detalhada na prestação de contas anual da legenda. Segundo Marice Corrêa de Lima, cunhada de Vaccari, o pagamento ocorreu via acordo extrajudicial. O valor foi repassado pelo escritório de advogacia do ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT).

Lula cobra Dilma e diz que não veio ao mundo para fracassar

Imagem: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que o “momento difícil” por que passa o PT deve ser enfrentado com a defesa dos interesses da classe trabalhadora e cobrou que a presidente Dilma Rousseff (PT) dê uma resposta aos eleitores que a elegeram. De acordo com Lula, Dilma e o PT devem ser “unha e carne”, já que um não sobrevive sem o outro.

Empreiteiro preso 'precisou' ajudar quando amante de Lula ameaçou contar tudo, diz revista

Imagem: Reprodução / Veja
A revista Veja publicou denúncias feitas pelo empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, que envolvem o ex-presidente Lula. Entre elas, o empreiteiro teria conseguido um emprego para o marido de Rosemary Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, que se apresentava como "namorada de Lula". Além do emprego para o marido, teria sido o empreiteiro quem pagou a defesa de Rosemary na Justiça. 

Governador de Minas compara Tiradentes a corruptos do PT e revolta brasileiros

Imagem: Manoel Marques/Imprensa MG
Quando eclodiu o escândalo do mensalão, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, então prefeito de Belo Horizonte, tentou se distinguir dos demais colegas do PT. Para se afastar dos dirigentes envolvidos na denúncia que atingia pela primeira vez o coração do partido, Pimentel dizia pertencer à ala defensora da refundação da sigla. 

Lula diz que há um movimento no país ‘para criminalizar o PT’

Lula participa da abertura do Congresso Municipal do PT, em São Paulo 
Imagem: Michel Filho / Agência O Globo




O ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva disse na noite desta sexta-feira, durante abertura do Congresso Municipal do PT, em São Paulo, que há um movimento no país "para criminalizar o PT". Segundo Lula, se alguém cometeu algum ilícito ao captar dinheiro para financiar campanha tem que pagar, mas ele acha que não está nada provado contra o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto.

Empreiteiro preso na Lava Jato reformou sítio de Lula, entre outros 'favores', denuncia revista

Imagem: Jefferson Coppola/Veja
A revista Veja denuncia que o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, atualmente preso pela Polícia Federal na operação Lava Jato, fez uma série de "favores" ao ex-presidente Lula, entre eles a reforma de um sítio que, embora esteja no nome do sócio de seu filho Lulinha, pertenceria ao próprio Lula. 

"O PT traiu os brasileiros", diz Marta Suplicy

Imagem: Luiz Maximiano / Veja
Marta Suplicy foi deputada, prefeita de São Paulo, ministra do Turismo, da Cultura e atualmente cumpre mandato de senadora. Sempre pelo PT, partido em que milita desde o início da década de 80. Trinta e cinco anos, de muitas vitórias e algumas derrotas, um mensalão e um petrolão depois, que descreve como uma "avalanche de corrupção", ela decidiu deixar a legenda a que dedicou metade de sua vida. Marta tem convite de quase todos os partidos políticos do Brasil, mas se inclina mais para o PSB de Eduardo Campos, o candidato morto em um desastre de avião na campanha presidencial do ano passado. Enquanto desenhava estrelinhas em uma folha de papel, Marta falou à revista Veja sobre seus motivos para romper com o PT e de seu "projeto de nação".

UOL Cliques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...